Categorias
Notíciais Voltaço

Nota oficial:  Neto Colucci deixa o comando do Voltaço

A diretoria do Volta Redonda FC e o técnico Neto Colucci decidiram, em comum acordo, pelo encerramento do trabalho neste domingo, dia 27. Ainda será definido o nome de quem comandará a equipe na sequência da competição.

Neto Colucci assumiu o comando do profissional do Voltaço em novembro de 2020, dirigindo a equipe em 50 jogos, com 17 vitórias, 17 empates e 16 derrotas.

Antes, ele treinou o sub-20 do Voltaço durante cinco anos, participando de quatro Copas São Paulo de Futebol Júnior, dentre elas, da histórica campanha na Copinha de 2019, quando chegou nas quartas de final da competição.

O Esquadrão de Aço agradece todo o empenho e dedicação que Neto Colucci teve durante todo o tempo que esteve no clube, desde as categorias de base até o profissional. Desejamos muita sorte na sequência da sua carreira.

Categorias
Notíciais Voltaço

Neto Colucci lamenta eliminação do Voltaço na Copa do Brasil e admite partida ruim da equipe  

O Volta Redonda foi derrotado por 4 a 2 para o Tuntum-MA e acabou eliminado da Copa do Brasil na primeira fase da competição. Após o confronto, o comandante do Voltaço Neto Colucci admitiu que o Esquadrão de Aço não fez uma boa partida diante da equipe maranhense.  

O Tuntum estava extremamente focado em conquistar a classificação, já a nossa equipe estava apática e foi envolvida pelo adversário. A palavra é vergonha pelo o que o Volta Redonda apresentou em campo ontem e pelos gols que levamos. São erros que, eu como treinador, falo que tenho vergonha pela partida que nós fizemos ontem. Acho que não só eu, mas os atletas que estavam em campo, têm que assumir também a partida bisonha que fizeram – afirmou o técnico tricolor, que ainda continuou analisando a postura da equipe em campo. 

Não adianta escalar, fazer um padrão de jogo, um sistema, montar uma estratégia, os atletas assimilarem e, quando chegar em campo, fazerem ao contrário. E quando digo ao contrário, é na atitude, na apatia dentro de campo. O time seguiu o padrão de jogo, seguiu a estratégia, mas não conseguia cumprir, pela apatia. Foi um time apático, dominado dentro de campo e, principalmente, dominado psicologicamente. Este foi o retrato do jogo. Tomamos gols que, na minha visão, o Volta Redonda não pode tomar. E ainda voltamos a cometer um erro de um gol de bola parada, que tomamos contra o Fluminense – destacou.  

Sobre a continuidade do trabalho, o técnico Neto Coluci destacou que o momento é de falar pouco e seguir trabalhando, pensando nos próximos jogos pelo Campeonato Carioca.  

O momento agora é de trabalho. Eu tenho vergonha na cara, mas não sou frouxo e não vou pedir para sair. Quando vim e salvei o Volta Redonda em 2020, botei a minha cara e consegui salvar o time. Desta vez, vou salvar o time de novo desse início ruim de Carioca, que não estamos bem, mas temos chances de terminar a competição dignamente. Sigo o mesmo Neto, que fez a melhor campanha da Copa São Paulo, que salvou o time do rebaixamento em 2020, que vem revelando atletas durante muito tempo na base, que fez o Voltaço ser o primeiro time a se classificar no Carioca passado, que brigou até a última rodada e terminou a Série C em quinto ano passado, com a mesma pontuação do quarto. Enfim, sigo o mesmo Neto que trabalha forte, sério, sem malandragem, com as escolhas boas e ruins, só que nem sempre vou vencer todas e tudo dará certo – ressaltou. 

O próximo desafio do Volta Redonda pelo Campeonato Carioca será diante do Nova Iguaçu, domingo, dia 27, no estádio Raulino de Oliveira. A partida teve uma mudança no horário e agora será disputada às 15h.  

Estou revendo algumas coisas, algumas situações do time, mas sigo o mesmo Neto. Seria frouxo de pedir para sair e assumir um erro sozinho. Posso ter errado, mas não errei sozinho. Temos escolhas que deram errado e vamos tentar agora mudar isso aí já para a partida diante do Nova Iguaçu, no domingo, e assim por diante – afirmou.  

Categorias
Notíciais Voltaço

Voltaço enfrenta o Tuntum-MA pela primeira fase da Copa do Brasil 

Partida será nesta quarta-feira, dia 23, às 15h30, no estádio Dr. Rafael Seabra 

Hora de virar a chave no Volta Redonda e focar somente na estreia da Copa do Brasil. O Esquadrão de Aço enfrenta o Tuntum-MA nesta quarta-feira, dia 23, às 15h30, no estádio Dr. Rafael Seabra. Por estar melhor colocado no ranking nacional de clubes da CBF, o Voltaço jogará com a vantagem do empate para seguir na competição. 

E para voltar para casa com a vaga na segunda fase, o comandante Neto Colucci destaca a importância de fazer um jogo sem erros. 

Agora é esquecer o Campeonato Carioca, deixar para pensar a partir de quinta-feira, e focar somente na Copa do Brasil, que é muito importante para o Volta Redonda, tanto esportivamente, quanto financeiramente falando. Precisamos encarar esta partida com muita concentração para não cometer erros na defesa e também para sermos competentes na hora de finalizar lá na frente, marcando os gols. O Tuntum é uma equipe nova, tem muita qualidade, andamos estudando bastante o treinador deles, para saber o estilo e as variações táticas do time. Respeitamos demais o adversário, que jogará em casa, conhece o campo, terá a torcida a seu favor, sabemos que será um jogo muito difícil, mas vamos entrar fortes para buscar esta classificação para a próxima fase – destacou o comandante tricolor. 

Para este confronto, o Voltaço terá os retornos do zagueiro Dilsinho, que cumpriu suspensão automática diante do Fluminense, pelo Campeonato Carioca, e do lateral-esquerdo Luiz Paulo, que está recuperado de uma lesão na posterior da coxa direita.  

O desfalque fica por conta do zagueiro Grasson, que foi expulso na última rodada da Série C do Campeonato Brasileiro de 2021 e irá cumprir suspensão automática. 

Participações

Esta será a oitava participação do Volta Redonda FC na Copa do Brasil, sendo o terceiro ano seguido. A melhor campanha tricolor foi em 2006, quando o Esquadrão de Aço chegou às quartas de final da competição.

No ano passado, o Voltaço acabou eliminado na segunda fase pela Juazeirense-BA. Após empate em 3 a 3 no tempo normal, a equipe baiana acabou se classificando na disputa de pênaltis.

Categorias
Notíciais Voltaço

Voltaço visita o Bangu em Moça Bonita

Partida será nesta quarta-feira, dia 2, às 15h30

O Volta Redonda enfrenta o Bangu nesta quarta-feira, dia 2, às 15h30, no estádio de Moca Bonita. Esta será a primeira partida de uma sequência de dois jogos que o Esquadrão de Aço fará fora de casa nesta semana pelo Campeonato Carioca.

Com apenas um ponto conquistado nas duas rodada em que foi mandante, o comandante do Voltaço Neto Colucci afirma que equipe precisa entrar em campo para buscar a vitória e se aproximar das primeiras posições na tabela.

Apesar de termos feito um segundo jogo com uma postura melhor do que o primeiro, até porque a estreia temos que descartar, já que cometemos todos os erros que pensávamos em cometer o ano todo, ainda cometemos alguns erros, mas tivemos uma atitude, uma postura bem melhor. Agora vamos para duas partidas fora de casa e precisamos da vitória. Respeitamos os adversários, sabemos da qualidade do Bangu e do Boavista, mas a nossa intenção é buscar estes seis pontos. Vamos entrar em campo estruturados para buscar os três pontos e começar a nossa subida rumo ao topo. Isso é o que interessa para a gente – destacou.

Encerrando a preparação para o confronto, o Volta Redonda treinou no CT Oscar Cardoso na manhã desta terça-feira. O técnico Neto Colucci comandou um treinamento tático, acertando os últimos detalhes para a partida.

Após o almoço, o elenco tricolor seguiu para o Rio de Janeiro, onde ficará concentrada para o jogo.

Campeonato Carioca 2022 – 3° rodada

Bangu x Volta Redonda

( 02/02/2022 – estádio de Moça Bonita – 15h30)

Provável escalação: Luiz Felipe; Júlio Amorim, Dilsinho, Grasson e Luiz Paulo; Muniz (Pedro Thomaz), Tinga e Caio Vitor; Pedrinho, MV e Lelê (Hugo Cabral). Técnico: Neto Colucci.

Categorias
Notíciais Voltaço

Técnico Neto Colucci analisa estreia do Voltaço no Campeonato Carioca

A estreia do Volta Redonda no Campeonato Carioca foi com derrota por 4 a 2 para o Vasco da Gama. Após o confronto, o técnico do Esquadrão de Aço Neto Colucci analisou a partida e lamentou os erros que a equipe teve durante o jogo.

Estreia muito abaixo do que o Volta Redonda tem que fazer. Tomamos quatro gols inadmissíveis. Gols de erros que cometemos em escolinhas de futebol, quando estamos iniciando. Faltou competitividade, que é uma das coisas que mais cobramos. Você sair atrás no placar, tomar um, dois gols contra um time grande e qualificado como o Vasco, fica difícil. E aí toma o terceiro, consegue diminuir, cria e perde as oportunidades, depois fica complicado. Então o Volta Redonda precisa mudar a atitude, porque hoje foi totalmente diferente do que planejamos para a competição – analisou.

Na próxima rodada, o Esquadrão de Aço irá enfrentar o Flamengo, sábado, dia 29, às 18h, novamente no estádio Raulino de Oliveira.

Como falei, a mudança de atitude já melhora 70%. No segundo tempo mudamos a atitude e, apesar do quarto gol  que foi, para mim, um erro muito gritante, mas nossa atitude foi melhor, finalizamos mais, foram o gol e mais seis bolas que passaram com muito perigo ou o goleiro deles fez boa defesa. O Volta Redonda mudou a atitude no segundo tempo e conseguiu fazer um jogo um pouco melhor. Então, para a partida contra o Flamengo, precisamos mudar a nossa atitude, se não, não tem jeito – projetou.

Categorias
Notíciais Voltaço

Pré-temporada RT Multi Serv: Voltaço fará período de treinamentos em São Paulo

Esquadrão de Aço utilizará os Centros de Treinamentos das bases do Corinthians e do Palmeiras

Na reta final de preparação para o Campeonato Carioca 2022, o Volta Redonda realizará um período de treinamentos em São Paulo. A pré-temporada RT Multi Serv, patrocinador oficial do Esquadrão de Aço, terá início nesta terça-feira, dia 11, e irá até sábado, dia 15. O elenco tricolor ficará hospedado no hotel Ibis, em Guarulhos-SP, e utilizará os Centros de Treinamentos das categorias de base do Corinthians e do Palmeiras. 

A 15 dias da estreia no Estadual, o comandante do Voltaço Neto Colucci destacou a importância desta semana de treinamentos para a preparação tricolor. 

Primeiramente, agradecer ao nosso patrocinador RT Multiserv por apoiar esta nossa mini pré-temporada em São Paulo. É muito importante sairmos um pouco da cidade, ficarmos no hotel, termos este tempo para estarmos mais próximos, fazendo algumas dinâmicas para que o grupo se conheça bastante e, claro, seguir a nossa preparação de forma intensa para chegarmos muito fortes na estreia diante do Vasco – destacou.

Além dos treinos diários e em dois períodos, será realizado um jogo-treino na quinta-feira, dia 13, contra a Portuguesa Santista, e um amistoso diante da Portuguesa-SP, no sábado, dia 15, às 19h, no Canindé, no evento que comemorará os 50 anos do estádio.

Faremos dois jogos contra escolas diferentes do Carioca, mas que não deixam de ser equipes de muita qualidade e que irão servir até de parâmetro para vermos como está a nossa evolução. Então, acho que é fundamental esta viagem para a nossa preparação – destacou o técnico tricolor, que ainda fez um balanço sobre a pré-temporada até o momento.

A equipe está tomando um corpo maior, em termos de parte tática, conhecendo os conceitos e modelo de jogo. Sabemos que estreia sempre é um jogo diferente. Todo mundo quer mostrar aquilo que fez, se preparou durante um tempo, tem a pressão de estar estreando e ainda mais em casa, mas estamos nos preparando psicologicamente para isso também. Acredito que chegaremos fortes mais uma vez neste Estadual, para fazer uma grande campanha e terminar entre os quatro primeiros colocados, que é o objetivo mínimo do Volta Redonda. Aí depois a semifinal e final serão consequências de um bom trabalho durante a temporada – ressaltou.

Empréstimo

O Volta Redonda FC informa que está acertando o empréstimo do volante Wallisson ao Athlétic Club-MG, com contrato até o final do Estadual. A negociação está em fase final, aguardando os últimos detalhes para ser concretizada.

Categorias
Notíciais Voltaço

Técnico do Voltaço Neto Colucci inicia curso da licença PRO da CBF Academy

Curso é o mais avançado da entidade e é o que permite profissionais brasileiros trabalharem fora do país  

O técnico do Volta Redonda FC Neto Colucci está na Granja Comary participando do curso de Licença PRO da CBF Academy. O comandante tricolor já se formou nas licenças B e A e agora está no primeiro módulo da licença mais avançada, que permite profissionais brasileiros trabalharem fora do país. Esta primeira etapa da formação está sendo realizada durante toda esta primeira semana de janeiro.  

Dividindo sala com o técnico tricolor, estão outros 26 treinadores do futebol brasileiro, dentre eles o Cuca e o seu auxiliar técnico Eudes, atuais Campeão da Libertadores e Copa do Brasil, Marcão, técnico do Fluminense, Rogério Ceni, técnico do São Paulo, Guto Ferreira, técnico do Ceará, Marquinhos Santos, técnico do América-MG, Lisca e Renato Gaúcho, ambos sem clubes no momento.  

Não tem nem como mensurar o quão importante está sendo realizar este curso para a minha formação. O meu grupo de trabalho é com o Cuca e com o Eudes, que ganharam tudo em 2021 pelo Atlético-MG, e com o Paulo Roberto, que é o treinador do São Bento, que são profissionais que têm uma experiência muito grande dentro do futebol. Por exemplo, o Cuca deu uma aula, passando um pouco do que é o seu dia a dia de trabalho. Com certeza, estou aprendendo muitas coisas que irão potencializar o meu trabalho no Volta Redonda para esta temporada 2022 – destacou.  

A estreia do Volta Redonda no Campeonato Carioca 2022 será diante do Vasco, dia 26, no estádio no Raulino de Oliveira.  

Categorias
Notíciais Voltaço

Neto Colucci completa 1 ano à frente do Voltaço

Comandante tricolor concluiu o curso Licença A da CBF Academy 

O técnico Neto Colucci está completando um ano à frente do Volta Redonda nesta terça-feira, dia 26. O treinador tricolor dirigiu em Esquadrão de Aço em 40 jogos, com 15 vitórias, 15 empates e 10 derrotas, atingindo a maior pontuação que o Voltaço já fez em uma edição de Série C e somando um aproveitamento de 50% nas quatro competições em que disputou.  

Difícil você analisar o trabalho. Como o próprio nome diz, trabalho remete a dificuldade. Quando assumi o Volta Redonda, estávamos em um momento muito complicado, brigando contra o rebaixamento, e aí conseguimos trabalhar e manter a equipe na Série C. Aí veio esta temporada, tivemos algumas mudanças no elenco, e a equipe teve boas atuações nas competições que disputamos. Infelizmente não tivemos nenhum título ou o acesso, mas foi o ano que mais revelamos e utilizamos atletas formados na nossa base em jogos oficiais. É uma semente muito bem plantada para que lá na frente o Voltaço possa colher mais frutos ainda – analisou.  

Já falando sobre a temporada 2021, o comandante tricolor destacou os pontos positivos e negativos, projetando também o próximo ano.  

O aprendizado é diário. Todo dia aprendemos algo não só procurando, estudando e vivenciando, mas também errando. No geral, tivemos muitos pontos positivos durante esta temporada. Hoje, podemos afirmar que o Volta Redonda já é uma equipe respeitada no cenário estadual e muito forte no cenário nacional. Temos um padrão de jogo próprio, mudamos de sistema e característica dentro da partida, construímos variações de jogadas, dentre outros pontos positivos que fazem os nossos adversários nos estudarem e respeitarem bastante quando vão nos enfrentar. Por isso, acredito que fizemos uma temporada 2021 muito boa e no ano que vem tenho certeza que será a concretização de um trabalho muito sólido que estamos fazendo – destacou Neto Colucci, que ainda falou mais sobre o que pode-se levar dos adversários.  

Enfrentamos equipes que há muito tempo o Volta Redonda não enfrentava, com características e estratégias diferentes, pegamos temperaturas e viagens muito longas. Terminamos o ano brigando pela classificação, em uma chave muito equilibrada, não à toa que, na última rodada, sete clubes tinham chance de garantir a vaga. Isso mostra o equilíbrio da nossa chave e como taticamente conseguimos evoluir os nossos atletas e trabalhar forte. Conhecemos muitos atletas, características diversificadas dos nossos adversários e isso traz um aprendizado para que possamos colocar em prática as coisas boas que enfrentamos, corrigindo também os erros que tivemos.  

Licença A  

O comandante Neto Colucci terminou nesta semana o curso Licença A da CBF Academy, destinado aos treinadores de equipes profissionais. Agora, fica faltando apenas o curso da Licença Pro para o técnico tricolor, que é destinado aos treinadores que comandam equipes em competições internacionais.  

Assistimos aulas com diversos treinadores consagrados, assim como também têm muitos treinadores pelo Brasil que realizaram o curso. É um momento de adquirir conhecimento, fazer network e ter troca de experiências, passando um pouco do que estamos fazendo e conhecer também o que vem sendo realizado em outros clubes. Foi muito especial e espero colocar em prática os aprendizados e as correções que fizemos juntos nestas aulas. Agora já estou escrito para a Licença PRO, que é o último curso da CBF para treinadores, destinados a técnicos de competições internacionais, como Libertadores, Sul-Americana, dentre outras, e espero realizá-lo em breve – celebrou.  

Categorias
Notíciais Voltaço

Voltaço recebe a Tombense-MG em busca da classificação para a próxima fase da Série C

Partida será neste sábado, dia 25, às 17h, no estádio Raulino de Oliveira  

Buscando a classificação para a próxima fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o Volta Redonda recebe a Tombense-MG neste sábado, dia 25, às 17h, no estádio Raulino de Oliveira, pela última rodada da primeira fase.  

Para avançar na competição, o Esquadrão de Aço precisa vencer a equipe mineira e torcer para que o Ferroviário-CE não vença o clássico diante do Floresta-CE e o Botafogo-PB seja derrotado pelo Santa Cruz-PE no estádio do Arruda.  

Apesar de precisar ficar ligado nos outros jogos da rodada, o comandante Neto Colucci destaca que quer a equipe 100% focada em vencer o seu jogo, para, apenas após o apito final, ver se os demais placares ajudaram o Voltaço.  

O nosso jogo principal é aqui, no Raulino, diante da Tombense. Não temos que ficar com a cabeça nos outros resultados e não focar na partida muito difícil que teremos pela frente. Precisamos, primeiro, fazer o nosso resultado, o dever de casa, e aí depois vamos ver como foi a rodada e se conseguimos ou não. Ainda acredito e muito na nossa classificação e vamos lutar por ela até o final – destacou o comandante tricolor.  

Para este confronto, o Volta Redonda contará com o retorno do volante Emerson Jr., que cumpriu suspensão automática na rodada passada. Já falando de desfalques, o Esquadrão de Aço não poderá contar com o volante Bruno Barra e o atacante Pedrinho, que estão suspensos.  

O Volta Redonda é o sexto colocado do grupo A, com 23 pontos, um a menos que o Ferroviário-CE, quinto colocado, e a três do Botafogo-PB, que abre o G4, e do Manaus-AM, terceiro colocado. O vice-líder é a Tombense-MG, com 27 pontos, mesma pontuação do líder Paysandu-PA.