Categorias
copa-voltaco Notíciais Voltaço

Copa Voltaço tem avaliação positiva de coordenador da CBF e de equipes participantes

A 3° edição da Copa Voltaço se encerrou no domingo e teve como campeões o Volta Redonda, no sub-13, e o Fluminense, no sub-14, em finais realizadas no Raulino de Oliveira.

Após o final do campeonato, que é a maior competição sub-13 e sub-14 do Brasil, o presidente do Volta Redonda Flávio Horta fez um balanço muito positivo do torneio e agradeceu o apoio de todos.

Mais uma vez tivemos a honra de organizar e receber a maior competição sub-13 e 14 do Brasil. Movimentamos toda região Sul Fluminense com grandes jogos, clássicos, como o Fla x Flu que definiu o sub-14, e ainda tivemos a felicidade de vermos os nossos Garotos do sub-13 conquistarem o título dentro do Raulino de Oliveira. Só temos a agradecer a todos os times que, mais uma vez, confiaram no torneio, as prefeituras e secretarias de esportes de Itatiaia, Vassouras e Volta Redonda, pelo suporte, e a todo o staff que foi essencial para o sucesso da competição. Deixar também um agradecimento muito especial ao Rubens Lopes, presidente da Fferj, e ao Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, por acreditarem e apoiarem a competição – afirmou.

Durante o torneio, a diretoria executiva das categorias de base da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) esteve presente para acompanhar de perto algumas partidas.

Em uma destas visitas, o coordenador de Observações técnicas da base Ricardo Maia Perlingeiro foi entrevistado pela VoltaçoTV e falou sobre a importância da competição.

Gostaria de parabenizar os organizadores da Copa Voltaço, porque antes de qualquer coisa, é preciso ter uma grande estrutura por trás, para poder suportar o tamanho e a qualidade que é este torneio aqui em Volta Redonda – ressaltou Perlingeiro, que também falou sobre o que conseguiu observar dos jogos que assistiu.

Temos que ter um pouco de paciência com estas gerações, porque ficaram muito tempo parados por conta da pandemia e, às vezes, queremos exigir um pouco a mais. Acho que esta troca de experiências, geradas por estes confrontos entre equipes de estados diferentes, é de suma importância para o desenvolvimento destes garotos, porque acabam conhecendo outras escolas, outras mentalidades. Estou bem satisfeito com a qualidade do torneio, dos jogadores e acho que são times competitivos e ao mesmo tempo de muita qualidade. É isso que irá levar aos atletas a chegarem no profissional da sua equipe e, quem sabe, a serem convocados para defender a seleção em um futuro – completou.

Maior a cada ano

As equipes que participaram da Copa Voltaço também elogiaram a qualidade do torneio.

O coordenador das categorias de base do Grêmio Francesco Barletta ressaltou que a Copa Voltaço está ficando maior a cada ano.

Agradecemos mais uma vez o convite e parabenizamos pela organização da competição, que fica maior a cada ano. Foi muito bom pra nos jogarmos em alto nível com a categoria e em condições excelentes. Conta conosco para as próximas edições – afirmou.

O coordenador do sub-14 do Avaí, Gilberto Júnior, também falou da importância do torneio para a formação dos seus atletas.

Só tenho que agradecer e parabenizar pela brilhante organização e nível da competição. Sem dúvidas, a mais importante do Brasil na categoria 14. Para nós, é uma honra ter participado. Foi m aprendizado e tanto – destacou.

Mais uma vez presente na Copa Voltaço, o gerente administrativo da Base do Atlético-MG Guilherme Sousa também avaliou positivamente o torneio.

Agradecer o convite para participar da Copa Voltaço por mais um ano. Parabéns pelo alto nível da competição e sucesso sempre – afirmou.

Já o Observador Técnico do Palmeiras, Douglas Gramani, falou sobre a grande organização que o torneio teve.  

Agradecer a maravilhosa recepção que tivemos e também a qualidade do torneio, que é muito organizado e tem um nível muito alto. Infelizmente fomos eliminados nas quartas de final, mas foi muito valioso ter participado da competição – destacou