Categorias
Notíciais Voltaço

Voltaço vence Tombense-MG de virada no Raulino de Oliveira

Apesar da vitória, Esquadrão de Aço não se classifica para a próxima fase  

Com gols de Michael Paulista e Heitor, Volta Redonda vence de virada a Tombense-MG por 2 a 1, no Raulino de Oliveira.  

Apesar da vitória, o Esquadrão de Aço fica em 5° lugar no grupo A e não se classifica para a próxima fase da Série C. 

O jogo 

O primeiro tempo foi eletrizante no Raulino de Oliveira. O Tombense-MG abriu o placar com Jean Lucas, aos 11 minutos.  

Apesar do gol dos visitantes logo no início, o Volta Redonda não se abalou, partiu em busca do empate e não demorou a igualar o marcador. Após bate e rebate na área, Michael Paulista bateu forte para deixar tudo igual aos 18 minutos.  

 O Esquadrão de Aço seguiu pressionando e a virada veio aos 25 minutos. Caio Vitor cobrou escanteio pela direita e Heitor cabeceou com estilo para virar o marcador.  

 Na volta do intervalo, os visitantes passaram a pressionar  em busca do empate, porém, com a defesa bem postada, o Voltaço não dava chances ao adversário e assustava nos contra-ataques. Em um deles, Emerson Jr. lançou Caio Vitor, que, ia sair livre na frente do goleiro, mas foi puxado por Moisés, que recebeu o cartão vermelho, deixando a Tombense-MG com um a menos. Na cobrança da falta, Michael Paulista quase marcou o terceiro.  

Com um jogador a mais, o Volta Redonda passou a controlar ainda mais o jogo e quase chegou ao terceiro com Olávio, mas a finalização do atacante tricolor saiu por cima, tirando tinta do travessão. Fim de jogo no Raulino de Oliveira: Volta Redonda 2×1 Tombense-MG. 

Campeonato Brasileiro Série C – 18° rodada  

Volta Redonda 2×1 Tombense-MG  

(25/09/21 – estádio Raulino de Oliveira – 17h)  

Volta Redonda: Vinícius Dias; Júlio Amorim, Heitor, Dilsinho e Diego Maia; Muniz (Pedro Thomaz), Emerson Jr. e Luciano Naninho (Grasson); Caio Vitor (PH), Michael Paulista (Orlando Jr.) e Olávio (Rômulo Cabral). Técnico: Neto Colucci. 

Gol: Michael Paulista e Heitor 

Cartão amarelo: Caio Vitor