Voltaço se reapresenta e inicia preparação para enfrentar o Ferroviário-CE

Após retornar de Recife-PE, o elenco do Volta Redonda se reapresentou na tarde desta quarta-feira, dia 1, iniciando a preparação para a partida diante do Ferroviário-CE, marcada para sábado, dia 4, às 21h, no estádio Raulino de Oliveira. Todos os atletas participaram de um treinamento técnico e tático no CT Oscar Cardoso.

Na reapresentação, o comandante Neto Colucci analisou a partida diante do Santa Cruz-PE.

Mais uma vez, cometemos erros, demos os gols para o adversário, o que não acontece com a gente, já que precisamos construir e suar muito para marcar. Não podemos tomar um gol do jeito que foi o primeiro, com um erro infantil. O segundo, por mais que tenha sido falta no Heitor, assim como o juiz marcou um monte no meio-campo, mas dentro da área não deu, não dá para deixarmos o adversário cabecear daquele jeito. Erros que não podem acontecer e que culminaram na nossa derrota. Com isso, a nossa missão ficou mais difícil, mas não impossível. Enquanto existir chances, continuaremos acreditando e trabalhando fortes para buscar esta classificação – analisou Neto Colucci, que também falou sobre a má atuação da arbitragem durante o confronto.

Precisamos também falar da arbitragem do senhor Paulo, que foi desastrosa. O MV sofreu um pisão maldoso, com ele no chão, que não foi nem amarelo, deram um carrinho por trás no Orlando, que ele nem deu falta, dentre outras entradas fortes que ele fez vista grossa. Enfim, situações que estão sendo recorrentes nesta Série C, já que estão caçando os jogadores do Volta Redonda em campo. Exemplo disso é que o Naninho ficou fora de dois jogos por causa de pancada e os adversários nem foram advertidos. Isso sem contar o grande número de pessoas que estavam na arquibancada do Arruda, gritando, ameaçando e o juiz também não fez nada. Enfim, quero deixar claro que isso não é desculpa, porque perdemos pela nossa má atuação, porém, o que estão fazendo com o Volta Redonda é covardia – afirmou.

Ausências

O atacante MV se recuperou bem da cirurgia realizada após se lesionar durante a partida diante do Santa Cruz-PE e está retornando para Volta Redonda  nesta quarta-feira, onde dará prosseguimento ao tratamento junto ao Departamento Médico do Voltaço.

A previsão é que o atleta fique cerca de três semanas parado até retornar aos treinamentos.

Além do MV, o Esquadrão de Aço não poderá contar para a próxima partida com o volante Wallisson, que recebeu o terceiro cartão amarelo, o os zagueiros Grasson e Heitor, que foram expulsos.