Neto Colucci analisa estreia do Voltaço na Série C do Campeonato Brasileiro

O Volta Redonda estreou na Série C do Campeonato Brasileiro com um revés para o Altos-PI, por 3 a 0, em partida disputada nesse domingo, dia 30, no estádio Lindolfo Monteiro. Após o confronto, o comandante Neto Colucci analisou o resultado e a atuação da equipe tricolor, que terminou o jogo com dois jogadores a menos.  

Não foi bom. Uma derrota ruim, com uma apresentação bem abaixo do que podemos jogar. Mas também não é porque foi a primeira derrota que tá tudo errado, que o time é ruim, que o treinador não sabe, que os jogadores não prestam e a diretoria tá mal. Não tem nada disso. Foi uma derrota, fora de casa, contra um time que campeão Estadual e que pode acontecer. O que foi anormal foi a nossa atuação. Nos cobramos bastante após o jogo e agora é levantar a cabeça e trabalhar, porque só a gente pode mudar este início de competição – destacou o comandante Neto Colucci, que ainda falou sobre como foi a partida. 

A equipe começou os primeiros cinco, dez minutos, tentando se equilibrar dentro das condições que o campo apresentava, com a grama muito alto e irregular. O Altos, por já ter conhecimento do gramado, conseguiu se estabilizar mais rápido, acabou saíndo na frente com um gol de pênalti, após uma falha de todo o setor defensivo, e dominou o jogo, porque perdemos a confiança e passamos a jogar da forma que o adversário propôs o jogo, bem abaixo do que vínhamos jogando no Carioca. Na volta do segundo tempo tivemos uma melhora, mas eles marcaram o segundo gol e voltaram a ter o controle da partida. Em seguida tivemos a expulsão do Oliveira em um lance duvidoso, o que prejudicou ainda mais a nossa equipe, que ficou com um homem a menos. Mesmo assim criamos duas chances de gol e, logo após um pênalti não marcado no Gabriel, no lance seguinte, o Gabriel chega atrasado, comete o pênalti e tomamos o terceiro gol. Foi a nossa primeira partida, tivemos alguns desfalques, problemas durante a semana, mas são coisas que não temos que levar muito em consideração, já que se temos 30 atletas no elenco, todos têm condições de entrar e representar o Volta Redonda – ressaltou.

Agora, o Volta Redonda se prepara para fazer a sua estreia em casa nesta Série C. No domingo, dia 6, às 16h, o Esquadrão de Aço recebe o Manaus no Raulino de Oliveira.  

Vamos trabalhar forte para que possamos fazer uma estreia no Raulino de Oliveira dentro da qualidade que o Volta Redonda apresenta. Fazer uma partida organizada, competir forte e brigar pela vitória durante os 90 minutos. Jogo em casa temos que nos impor e buscar esses três pontos para que possamos ir para a parte de cima da tabela, brigando pela classificação para a próxima fase e, posteriormente, pelo acesso – afirmou. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *