Voltaço celebra 45 anos e diretoria projeta temporada com acesso à Série B ‘Chegou o momento’

Em 9 de fevereiro de 1976 nascia o Volta Redonda FC. 45 anos depois, o Esquadrão de Aço tem muitos motivos para celebrar mais um ano de fundação.

Vai iniciar o seu 16° Campeonato Carioca seguido na elite, disputando a Série C do Campeonato Brasileiro pelo 5° ano seguido, no 56° lugar no ranking de clubes da CBF de 2020 (Confederação Brasileira de Futebol), conseguiu o certificado de Clube Formador… dentre tantas outras conquistas.

Cenário que o atual presidente Flávio Horta celebra com muito orgulho, mas faz questão de afirmar que a diretoria quer muito mais, principalmente o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro.

Ficamos muito orgulhosos de ver o Volta Redonda cada vez mais forte no cenário nacional do futebol. Nos consolidamos como a quinta força do Rio de Janeiro, estamos com um calendário cheio pelo sétimo ano consecutivo, disputando competições nacionais importantes como a Série C e a Copa do Brasil, mas temos a consciência que podemos e queremos muito mais. Por isso, estamos trabalhando muito para que possamos fazer mais um grande Estadual, uma boa campanha na Copa do Brasil e conquistar o acesso à Série B, que é o nosso principal objetivo e tenho certeza que chegou o momento – destacou o mandatário tricolor.

Presidente Flávio Horta está no seu segundo mandato

Já projetando um futuro para o Volta Redonda, o presidente tricolor destaca que o que está sendo plantando hoje, trará muitos frutos para o Esquadrão de Aço.

Além das conquistas dentro de campo, o clube hoje vem conquistando coisas muito importantes fora dele, como o certificado de Clube Formador, que é um marco na história do Volta Redonda. Somado a isso, tem o grande trabalho que vem sendo feito nas categorias de base e que está resultando na formação de muitos jogadores. Tanto que, atualmente, temos 17 atletas da base no nosso elenco profissional, além do fato da comissão técnica, inclusive o técnico Neto, ser da cria nossa. Isso só demonstra que o Volta Redonda tem um futuro promissor pela frente e nos deixa orgulhosos fazer parte desta história – afirmou Flávio Horta.

Por conta da pandemia do Coronavírus e da quarentena, o Voltaço não realizou nenhum evento físico para celebrar o aniversário de 45 anos. Todas as comemorações foram online nas mídias sociais do clube.

Estamos passando por um momento muito difícil que nos obriga a estarmos longes, mas isso vai passar e logo estaremos juntos, fazendo uma grande festa no Raulino de Oliveira. Podem ter certeza que seguiremos trabalhando sério, com muita transparência e profissionalismo para deixar o Volta Redonda cada vez mais forte no cenário nacional. Muito obrigado pelo apoio e parceria de sempre. Estamos sempre juntos, família Voltaço – celebrou.

Luiz Paulo retorna de empréstimo e inicia pré-temporada no Voltaço

Lateral-esquerdo estava no CRB-AL e disputou a Série B do Campeonato Brasileiro

A semana do Volta Redonda começou com novidades. O lateral-esquerdo Luiz Paulo, que estava emprestado ao CRB-AL, se reapresentou e iniciou a pré-temporada para a estreia no Campeonato Carioca 2021.

O jogador chegou ao Esquadrão de Aço em 2017 e tem contrato com o clube até final de 2022.

Foi uma passagem muito boa e positiva para a minha carreira. Tive a felicidade de representar um clube muito grande do nordeste e retorno com bastante experiência de jogos grandes, de um campeonato bastante competitivo como é a Série B – destacou o lateral tricolor, que ainda falou sobre a expectativa para o início do Estadual.

Ano passado fizemos um Campeonato Carioca muito bom e vamos trabalhar para, se não repetir, fazermos uma campanha ainda melhor. Temos um grupo muito bom, trabalhador, que está fazendo uma pré-temporada muito forte com o Neto e tenho certeza que chegaremos preparados para buscar a vitória na estreia diante do Madureira – projetou.

Guilherme Eulálio retorna de empréstimo e é o 17° prata da casa no elenco profissional do Voltaço  

Volante estava no Aymorés-MG, onde foi campeão e conquistou o acesso à segunda divisão do Campeonato Mineiro

Mais um prata da casa está retornando ao Volta Redonda. O volante Guilherme Eulálio, que estava emprestado ao Aymorés-MG, se apresentou nesta semana e iniciou a pré-temporada para o Campeonato Carioca 2021.

Com a chegada do volante, que era capitão do sub-20 do Voltaço, o elenco profissional tricolor passa a contar agora com 17 atletas formados nas categorias de base do clube.

No clube mineiro, Eulálio conquistou o título da Segunda Divisão, equivalente a terceira divisão do Estadual, garantindo o acesso ao Módulo II de 2021.

Foi uma experiência muito boa para poder pegar uma bagagem, uma rodagem, ainda mais porque conseguimos o acesso e o título, que eram os objetivos. Volto motivado para dar o meu melhor no dia a dia e nos jogos para poder ganhar o meu espaço e poder ajudar a equipe a fazer uma grande temporada em 2021 – destacou.

No profissional, Guilherme Eulálio será mais um prata da casa a reencontrar o técnico Neto Colucci, que também era o treinador no sub-20.

Todos nós que já trabalhamos com o Neto temos uma ótima relação com ele. Ele é muito amigo, muito gente e, ao mesmo tempo, é muito profissional. O Neto me conhece muito bem, sabe o meu estilo de jogo e vou estar aqui trabalhando forte para que quando ele precisar, possa suprir em alto nível – afirmou Eulálio.

Recuperado de lesão, João Vitor se destaca em início de pré-temporada no Voltaço

Nove meses longe dos gramados em 2020, atacante marcou dois gols nos dois jogos-treinos disputados

“Estou trabalhando muito para 2021 ser o meu ano!”. É desta maneira que João Vitor está encarando a pré-temporada para o Campeonato Carioca deste ano.
 
Recuperado de uma lesão no joelho, que o tirou dos campos por nove meses em 2020, o atacante vem se destacando na preparação tricolor, principalmente nos jogos-treinos, quando marcou dois gols nas duas partidas disputadas até aqui.


Estou muito feliz em poder voltar a fazer o que amo, que é jogar futebol. A pré-temporada está intensa e estou trabalhando muito para 2021 ser o meu ano, aproveitando para me condicionar bem nos treinamentos físicos e técnicos, usando os jogos-treinos para pegar ritmo de jogo e me preparando também mentalmente para ter uma boa temporada – destacou.

João Vitor marcou um gol na goleada por 7 a 2 do Voltaço sobre o Porto Real


João Vitor se lesionou em 16 de fevereiro de 2020, durante a semifinal da Taça Guanabara. O atacante precisou passar por uma cirurgia para reparar o ligamento cruzado anterior e meniscos.  
 

Foram nove meses de recuperação. Um período muito difícil, mas que sempre tive ao meu lado o apoio muito importante de todo o Departamento Médico do clube, da comissão técnica, diretoria, dos meus companheiros, familiares, meus empresários e amigos. Sou muito grato a todos que me ajudaram neste momento muito difícil. Agora estou de volta, muito focado em trabalhar forte e ajudar o Volta Redonda a conquistar todos os objetivos traçados para 2021 – projetou.