Voltaço celebra 45 anos e diretoria projeta temporada com acesso à Série B ‘Chegou o momento’

Em 9 de fevereiro de 1976 nascia o Volta Redonda FC. 45 anos depois, o Esquadrão de Aço tem muitos motivos para celebrar mais um ano de fundação.

Vai iniciar o seu 16° Campeonato Carioca seguido na elite, disputando a Série C do Campeonato Brasileiro pelo 5° ano seguido, no 56° lugar no ranking de clubes da CBF de 2020 (Confederação Brasileira de Futebol), conseguiu o certificado de Clube Formador… dentre tantas outras conquistas.

Cenário que o atual presidente Flávio Horta celebra com muito orgulho, mas faz questão de afirmar que a diretoria quer muito mais, principalmente o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro.

Ficamos muito orgulhosos de ver o Volta Redonda cada vez mais forte no cenário nacional do futebol. Nos consolidamos como a quinta força do Rio de Janeiro, estamos com um calendário cheio pelo sétimo ano consecutivo, disputando competições nacionais importantes como a Série C e a Copa do Brasil, mas temos a consciência que podemos e queremos muito mais. Por isso, estamos trabalhando muito para que possamos fazer mais um grande Estadual, uma boa campanha na Copa do Brasil e conquistar o acesso à Série B, que é o nosso principal objetivo e tenho certeza que chegou o momento – destacou o mandatário tricolor.

Presidente Flávio Horta está no seu segundo mandato

Já projetando um futuro para o Volta Redonda, o presidente tricolor destaca que o que está sendo plantando hoje, trará muitos frutos para o Esquadrão de Aço.

Além das conquistas dentro de campo, o clube hoje vem conquistando coisas muito importantes fora dele, como o certificado de Clube Formador, que é um marco na história do Volta Redonda. Somado a isso, tem o grande trabalho que vem sendo feito nas categorias de base e que está resultando na formação de muitos jogadores. Tanto que, atualmente, temos 17 atletas da base no nosso elenco profissional, além do fato da comissão técnica, inclusive o técnico Neto, ser da cria nossa. Isso só demonstra que o Volta Redonda tem um futuro promissor pela frente e nos deixa orgulhosos fazer parte desta história – afirmou Flávio Horta.

Por conta da pandemia do Coronavírus e da quarentena, o Voltaço não realizou nenhum evento físico para celebrar o aniversário de 45 anos. Todas as comemorações foram online nas mídias sociais do clube.

Estamos passando por um momento muito difícil que nos obriga a estarmos longes, mas isso vai passar e logo estaremos juntos, fazendo uma grande festa no Raulino de Oliveira. Podem ter certeza que seguiremos trabalhando sério, com muita transparência e profissionalismo para deixar o Volta Redonda cada vez mais forte no cenário nacional. Muito obrigado pelo apoio e parceria de sempre. Estamos sempre juntos, família Voltaço – celebrou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *