Por unanimidade, Conselho Deliberativo do Voltaço aprova as contas do clube de 2019

Em reunião online realizada nesta terça-feira, dia 29, o Conselho Deliberativo do Volta Redonda FC aprovou, por unanimidade, as contas do clube de 2019. A decisão também teve parecer favorável do Conselho Fiscal.
 
Ainda durante a reunião, o Conselho também aprovou, novamente por unanimidade, o orçamento para o ano de 2021.

Lembrando que todas as demonstrações financeiras, que foram aprovadas na reunião, estão disponíveis, desde o mês de abril de 2020, na aba de transparência do site oficial do Esquadrão de Aço.

Voltaço estreia em casa contra o Madureira no Campeonato Carioca de 2021

Competição será disputada em pontos corridos em 2021

A Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) divulgou nesta segunda-feira, dia 28, a tabela do Campeonato Carioca de 2021. A estreia do Volta Redonda será em casa contra o Madureira. A data de início da competição ainda não foi divulgada.

Hoje também foi realizado um arbitral que definiu mudanças na fórmula de disputa do Estadual. A partir do ano que vem, a competição será disputada por pontos corridos, com todos os times jogando entre si, em turno único, e com os quatro primeiros colocados se classificando para as semifinais e finais, que terão dois jogos cada. A alteração será válida também para 2022.

Confira a sequência de jogos do Esquadrão de Aço no Estadual.

1°- Volta Redonda x Madureira

2°- Volta Redonda x Vasco

3° – Portuguesa x Volta Redonda

4° – Volta Redonda x Macaé

5° – Fluminense x Volta Redonda

6° – Resende x Volta Redonda

7° – Volta Redonda x Boavista

8° – Volta Redonda x Seletiva

9° – Volta Redonda x Botafogo

10° – Bangu x Volta Redonda

11° – Flamengo x Volta Redonda

Voltaço empresta o meia-atacante Luan Martins ao America-RJ

O Volta Redonda FC acertou neste sábado, dia 26, o empréstimo do meia-atacante Luan Martins, de 22 anos, ao America-RJ. O acordo entre as equipes é para que o atleta dispute a fase preliminar do Campeonato Carioca 2021 pela equipe carioca.
 
Prata da casa, Luan retornou ao Voltaço em 2019, para a disputa da Série C daquele ano. Com contrato até final de 2022, ele já disputou 24 jogos e marcou um gol com a camisa tricolor.
 
Luan iniciou sua carreira nas categorias de base do Esquadrão de Aço e, de lá, seguiu para Vasco, Fluminense, Cruzeiro e Tupi-MG, onde atuou pelo time profissional.

Voltaço renova com o meio-campo Hiroshi até final de 2021

Jogador chegou este ano ao clube e atuou em sete jogos, marcando dois gols

A diretoria do Volta Redonda já começa a se movimentar para assegurar a permanência de peças importantes do elenco tricolor para a próxima temporada. Nesta quarta-feira, dia 23, o meio-campo Hiroshi renovou o seu contrato com o Esquadrão de Aço até o final de 2021.

Hiroshi chegou ao Voltaço em outubro deste ano e atuou em sete partidas durante a Série C deste ano, marcando dois gols.

Hiroshi em ação diante do Londrina-PR, pela Série C

– Cheguei no clube na reta final da Série C, fui muito bem recebido e acolhido por todos e isso facilitou na minha adaptação. Terminei a temporada me sentindo muito bem e para mim foi muito importante. Sou muito grato ao Volta Redonda por acreditar na minha recuperação. Estou muito feliz, motivado por seguir no Voltaço e espero fazer uma grande temporada em 2021 – destacou Hiroshi.

O vice-presidente Flávio Horta Júnior falou sobre a renovação de Hiroshi e ressaltou a importância dele para o elenco tricolor.

– Ficamos muito felizes com esta renovação. O Hiroshi é um atleta que chegou, buscou seu espaço e se tornou uma figura importante na nossa reta final. Além disso, entendeu a realidade do clube. Teve propostas financeiramente mais vantajosas, mas optou pelo objetivo de fazermos mais um ano forte e brigar pelo acesso – afirmou.

Voltaço anuncia Chicken in House como nova patrocinadora master para 2021

Franquia também estampará a master na camisa da equipe sub-20

O Volta Redonda FC já tem o seu primeiro reforço para a temporada 2021. A diretoria tricolor acertou nesta segunda-feira, dia 21, com a rede de franquias Chicken in House para ser a sua nova patrocinadora master. A empresa também irá estampar a master na camisa da equipe sub-20 do Voltaço.

O presidente do Esquadrão de Aço Flávio Horta celebrou o acerto e desejou boas-vindas ao novo patrocinador tricolor.

Queremos agradecer o apoio da Chicken in House neste momento tão difícil que estamos passando e também por acreditarem e reconhecerem o potencial da marca Volta Redonda. É muito gratificante para o clube ter como patrocinadora master uma rede de franquias que vem crescendo muito. Com certeza é uma parceria que irá trazer muitos benefícios para os dois lados – comemorou.

O presidente da franquia John Lenon também falou sobre o acerto e a expectativa da parceria do Chicken in House com o Voltaço.

O presidente da Chicken in House John Lenon com a camisa tricolor

Estamos com uma expectativa muito grande com esta parceria entre o Volta Redonda e a Chicken In House . O fortalecimento e impulsionamento da marca, principalmente na cidade e na região, assim como o aumento das vendas dos nossos produtos. Com certeza será uma parceria sólida e duradoura – afirmou.

A empresa

A Chicken In House nasceu em 2015 através do casal John Lenon e Adriana Vitória que encontraram um sabor único para seu Frango Frito Crocante no Balde.

No início, trabalhavam apenas em casa como delivery, mas a receita fez tanto sucesso que em pouco tempo precisaram montar uma loja para receber os clientes e aumentar sua produção. Ao observarem que pessoas vinham de longe para saborear seu produto, o casal resolveu mudar para uma loja com características e layout parecidos com o atual.

Com alta aceitação da clientela, a Chicken In House expandiu seu negócio para a franchising, incluiu novos produtos em seu cardápio e se consolidou no mercado. Com estilo americanizado, moderno e aconchegante, a marca vem conquistando os mais diversos públicos no território nacional e também fora.

Voltaço empresta atacante Léo Melo ao Sampaio Corrêa-MA

A diretoria do Volta Redonda acertou o empréstimo de um ano do atacante Léo Melo, de 19 anos, ao Sampaio Corrêa-MA. O atleta tem contrato de três anos com o Esquadrão de Aço, que possui 80% dos seus direitos econômicos.

O atleta vinha recebendo diversas propostas e conversamos com ele, que manifestou o interesse em se transferir por empréstimo. A partir desse momento, começamos a impor nossas condições para que o atleta fosse emprestado e o Sampaio Corrêa aceitou todas. É um atleta do Volta Redonda, que vai por empréstimo com 50% dos direitos econômicos fixados em mais de R$ 1 milhão. Ao fim do empréstimo, ou eles pagam ou o atleta retorna para o Voltaço para cumprir os dois anos de contrato que tem com o clube. Importante frisar que muitos atletas da campanha do sub-20 estão recebendo sondagens, mas todos os demais informaram que pretendem buscar seus espaços no nosso time profissional. Também queremos atletas que queiram ficar conosco – explicou o vice-presidente Flávio Horta Júnior.

Futuro promissor: Voltaço utiliza 17 pratas da casa no profissional em 2020

Destes atletas, dez ainda têm idade sub-20

A base do Volta Redonda FC vem forte e demonstrou isso em 2020. Nas 32 partidas que o Esquadrão de Aço disputou durante todo o ano, 17 aletas formados nas categorias de base do clube estiveram em campo. Sendo que dez destes garotos ainda têm idade de sub-20, inclusive, estiveram na campanha do vice-campeonato da Taça Rio da categoria.

Número que é ainda maior se somados os outros três pratas da casa que foram relacionados durante o ano. Cenário que o vice-presidente Flávio Horta Júnior comemora e destaca ser fruto de um planejamento montado pela diretoria, do qual previa um maior aproveitamento dos Garotos de Aço.

Com certeza ficamos muito orgulhosos em ver a grande quantidade de pratas da casa, não apenas no elenco profissional, mas jogando e mostrando que têm a capacidade de entrar e corresponder à altura. Exemplo disso é que, diante do Londrina-PR, a nossa linha defensiva era toda formada por atletas oriundos da nossa base. Sendo que, muitos ainda têm idade para atuar no sub-20 e estiveram no vice-campeonato da Taça Rio. Isso demonstra que o trabalho nas categorias de base vem sendo bem feito e que o futuro do Volta Redonda é muito promissor – destacou.

Ainda falando sobre a valorização da base, o vice-presidente tricolor lembrou que, somente em 2020, sete atletas com idade sub-20 assinaram contrato profissional com o clube. Outro fator que também ressalta a utilização da base no profissional é que, durante o ano, diversos atletas do sub-17 e dos primeiros anos do sub-20 treinaram com a equipe profissional.

Vale destacar também que o próprio Neto Colucci, nosso atual treinador, também é cria das nossas categorias de base, como ele mesmo gosta de falar. Sabemos que muitas vezes o investimento na base é algo silencioso, demorado, mas que é de extrema importância para o futuro do clube. Com certeza este é um planejamento que iremos continuar para 2021, para que possamos cada vez mais ver pratas da casa na equipe profissional – afirmou Horta Júnior.

Confira a lista de atletas da base que estiveram em campo pelo Volta Redonda em 2020.

Goleiro: Vinícius
Zagueiro Luan Leite, Gabriel Pereira* e Davison*
Laterais: Julinho, Valter* e Marcinho*
Volante: Bruno Barra, Pedro Thomaz* e Gabriel Correia;
Meio-campo: Pedro Alves, Bambam*, Gregório*
Atacante: Luan Martins, Marcus Vinícius*, Juan* e Joarley*

Relacionados

Goleiro: Avelino
Meio-campo: Guilherme Eulálio*
Atacante: Andrey*

*Atleta com idade sub-20

Voltaço assina contrato profissional de 2 anos com zagueiro Davison

Prata da casa tricolor foi vice-campeão da Taça Rio sub-20 e fez a sua estreia no profissional diante do Londrina-PR

A base do Volta Redonda vem, ou melhor, chegou forte! A diretoria do Volta Redonda anunciou nesta segunda-feira, dia 7, que assinou contrato profissional de dois anos com o prata da casa Davison, de 20 anos.

Nas categorias de base do Esquadrão de Aço desde os 14 anos, o zagueiro, que é natural de Volta Redonda, foi um dos grandes destaques da equipe vice-campeã da Taça Rio sub-20 deste ano, além de também estar presente na histórica campanha da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019.

O defensor também vem integrando o elenco profissional do Esquadrão de Aço. Inclusive, fez a sua estreia no profissional diante do Londrina-PR no sábado, dia 5, pela Série C do Campeonato Brasileiro.

O zagueiro Davison em campo pela Série C

Estou vivendo um momento muito especial na minha vida. No sábado realizei o meu sonho de jogar uma partida profissional e hoje estou realizando um outro grande sonho que é assinar o meu primeiro contrato profissional. Só tenho a agradecer a diretoria que vem olhando com muito carinho para as categorias de base e ajudando a realizar os sonhos de tantos garotos que estão no clube. Quero agradecer também a todos ao profissionais, treinadores, companheiros que me ajudaram durante todos estes anos aqui e também, claro, a minha família e amigos, que sempre me apoiaram e estiveram do meu lado – celebrou Davison.

O vice-presidente Flávio Horta Júnior destacou que Davison é o sétimo atleta com idade de sub-20 a assinar contrato profissional com o Volta Redonda neste ano. Além deles, ainda tem o zagueiro Gabriel Pereira, que já tinha contrato com o clube.

A melhor maneira de planejar o futuro do clube é apostar nas categorias de base. A nossa gestão vem fazendo isso e os resultados estão aparecendo. Não apenas nas campanhas expressivas na base, mas também no grande número de pratas da casa no elenco profissional. Temos muito orgulho desses garotos, que demonstraram muita personalidade e qualidade diante do Londrina. O Davison é o sétimo atleta da base a assinar contrato profissional neste ano e merece todo o reconhecimento, porque fez uma temporada incrível – destacou.

Neto Colucci elogia atuação de pratas da casa do Voltaço diante do Londrina-PR

Dez atletas formados na base tricolor estiveram em campo

No empate entre Volta Redonda e Londrina-PR pela última rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Esquadrão de Aço esteve em campo com dez pratas da casa, sendo que seis ainda têm idade para atuar no sub-20. Ao todo, dos 23 relacionados para o confronto, 14 eram formados nas categorias de base do clube, sendo

Cenário que o comandante Neto Colucci celebrou após o apito final.

Também sou cria da base do Volta Redonda e tenho muito orgulho disso. São meninos que trabalharam comigo e fico muito honrado em ver o futebol que jogaram hoje. Entraram com muita personalidade e demonstraram o bom trabalho que está sendo feito nas categorias de base, tanto comigo, que trabalhei com eles durante uns quatro, cinco anos, como com os demais profissionais da nossa base. Claro que é preciso ter um pouco de paciência com eles, porque não serão eles que irão resolver a situação do clube do dia para a noite, mas temos, sim, que trabalhá-los, dar confiança e colocá-los para jogar, para que no futuro eles representem muito bem o clube, assim como fizeram diante do Londrina-PR – destacou.

Com o empate, o Volta Redonda terminou a Série C de 2020 na sexta colocação, com 23 pontos. O comandante Neto Colucci esteve a frente da equipe em seis partidas e fez uma análise da campanha.

Primeiro agradecer a diretoria do Volta Redonda pela confiança, todo o staff e os atletas também. Nestas seis partidas, pode-se dizer que tivemos um retrospecto mediano, porque poderia ter sido melhor, com a gente brigando pelo acesso, mas fica a mostra de um futebol de confiança, de acreditar nos atletas, no nosso trabalho e conceito de jogo. O Volta Redonda está no caminho certo de acreditar na base e vamos trabalhar muito para que 2021 seja um ano de sucesso e que venha com o acesso à Série B – afirmou.

Voltaço empata em 2 a 2 com o Londrina-PR pela última rodada da Série C

Daniel Ribeiro e Alef Manga marcaram para o Esquadrão de Aço

Com gols de Daniel Ribeiro e Alef Manga, o Volta Redonda empata em 2 a 2 com o Londrina-PR pela última rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Jeferson e Celsinho marcaram para os visitantes.

Com o resultado, o Voltaço encerra a sua participação na sexta colocação, com 23 pontos.


O jogo

O Londrina-PR iniciou a partida pressionando e abriu o placar logo aos seis minutos, com Jeferson.

Passado o susto inicial, o Volta Redonda assumiu o controle do jogo e passou a pressionar em busca do ataque. Marcinho, Luciano Naninho e Alef chegaram com o perigo e quase empataram a partida.

Pressão que foi transformada em gol aos 32 minutos. Daniel Ribeiro recebeu na entrada da área e mandou para o fundo das redes, empatando o jogo.

Daniel Ribeiro comemorando o primeiro gol do Esquadrão de Aço

Na volta da intervalo, a partida ficou equilibrada e com poucas chances de gol. Até que, aos 27 minutos, o árbitro do jogo marcou pênalti para o Londrina-PR. Celsinho cobrou e recolocou os visitante na frente.

Atrás no placar, o Esquadrão de Aço se mandou em busca do empate, que veio aos 42 minutos. Daniel Ribeiro fez boa jogada e foi derrubado na área. Pênalti! Alef Manga foi para a cobrança e mandou para o fundo das redes, dando números finais ao confronto.

Alef Manga marcou o segundo gol do Voltaço

Campeonato Brasileiro Série C – 18° rodada
Volta Redonda 2×2 Londrina-PR
( 05/12/2020 – estádio Luso Brasileiro – 19h)

Volta Redonda: Vinícius Dias; Julinho, Luan Leite (Davison), Gabriel Pereira e Marcinho; Erick Flores, Hiroshi e Luciano Naninho; Marcos Vinícius, Alef Manga e Daniel Ribeiro. Técnico: Neto Colucci

Gols: Daniel Ribeiro e Alef Manga (VRE); Jeferson e Celsinho (LEC)