João Carlos marca e Voltaço vence Macaé na estreia da Taça Rio

Goleiro Douglas Borges defendeu um pênalti durante a partida

O artilheiro do Campeonato Carioca João Carlos balançou a rede lá na frente, o goleiro Douglas Borges fechou o gol lá trás, com direito a defesa de pênalti, e o Volta Redonda venceu o Macaé por 1 a 0 na estreia da Taça Rio.

Com a vitória, o Esquadrão de Aço mantém o 100% de aproveitamento no Raulino de Oliveira neste Estadual

Na próxima rodada, o Esquadrão de Aço recebe o Vasco da Gama, domingo, às 16h, novamente no Raulino de Oliveira.

O jogo

Com dois minutos de jogo, o artilheiro João Carlos teve a chance de abri o placar para o Volta Redonda, mas chutou por cima do gol. Já os visitantes tentavam assustar em chutes de fora da área, porém, a bola não chegou a assustar o goleiro Douglas Borges.

Após a parada técnica, o Esquadrão de Aço tomou conta da partida e passou a pressionar o adversário. Marcelo cobrou escanteio e Heitor cabeceou com muito perigo. Porém, a melhor chance veio dos pés de Luan. O camisa 7 recebeu passe de Pedrinho e, de primeira, bateu para o gol e a bola tirou tinta do travessão.

Na volta do intervalo, o jogo começou elétrico. Aos seis minutos, João Carlos abriu o placar após lindo cruzamento de Bruno Barra. Este foi o sexto gol do camisa 9 no Campeonato Carioca, artilheiro isolado da competição.

No minuto seguinte, quase saiu o segundo. Bernardo fez grande jogada e tocou para Pedrinho, que bateu para o gol e a bola saiu rente a trave.

O Macaé teve a chance de empatar no minuto seguinte, em um cobrança de pênalti. Porém, Douglas Borges caiu no canto esquerdo para defender o chute de Alessandro. O goleiro tricolor ainda apareceu mais uma vez aos 20 minutos.

Após cobrança de falta de Maranhão, a bola ia entrando no ângulo, mas o camisa 1 se esticou todo e fez a defesa.

Campeonato Carioca 2020 – 1° rodada da Taça Rio
Volta Redonda 1×0 Macaé
(28/02/2020 – estádio Raulino de Oliveira – 19h)

Volta Redonda: Douglas Borges; Oliveira, Heitor, Daniel Felipe e Luiz Paulo; Bruno Barra, Marcelo, Luan Martins (Saulo Mineiro) e Bernardo (Wallisson); Pedrinho (Douglas Lima) e João Carlos. Técnico: Luizinho Vieira.

Gol: João Carlos

Cartão amarelo: Bruno Barra e Heitor