Nota oficial: Contratos encerrados

A diretoria do Volta Redonda se reuniu nesta quinta-feira, dia 29, com a comissão técnica e os jogadores do elenco tricolor. Durante a reunião, foi assinada a rescisão dos contratos que se encerram no final deste ano.

São eles: o do treinador Toninho Andrade; dos goleiros Diego Marcelo, Avelino e Vinícius; dos laterais Gedeílson, Luís Gustavo, Luiz Paulo e Acácio; dos zagueiros Allan, Daniel Felipe, Roger e Paulo Vitor; dos volantes Bruno Barra, Bileu, Gelson e Wallison; dos meias Luan, Echeverria e Luciano Naninho; e dos atacantes Douglas Lima, Wandinho, Índio e Saulo Mineiro.

Vamos deixar claro que isso não quer dizer que nenhum deles não irá continuar no Volta Redonda para a próxima temporada. São contratos que eram até o final da serie C e se encerraram. Isso também serve para o Toninho e a comissão técnica. Agora, vamos analisar individualmente e tratar algumas renovações, principalmente dos atletas mais jovens. Já temos algumas bem avançadas. Esperamos resolver esta situação o mais rápido possível para montagem do elenco para a próxima temporada – explicou o vice-presidente Flávio Horta Júnior.

Diretoria do Voltaço analisa temporada e projeta 2020

Presidente Flávio Horta lembra que equipe atingiu a maior pontuação de todas as participações na Série C

Com a não classificação para as quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro, o Volta Redonda não tem mais competições para disputar este ano. Com isso, é hora da diretoria tricolor analisar os prós e contras da atual temporada e começar a pensar em 2020!

Começando pela Série C, o presidente Flávio Horta lamentou muito a não classificação e lembrou que, na reta final, a equipe acabou sofrendo muito com lesões e erros de arbitragem, além de ter deixado de conquistar pontos importantes em casa.

Sabíamos da dificuldade que é disputar uma Série C, onde enfrentamos longas viagens e brigamos com times que têm uma receita muito maior que a do Volta Redonda. Lutamos pela classificação até a última rodada, atingimos a maior pontuação de todos os anos que disputamos a competição, mas, infelizmente, no final ficou um gostinho de que poderíamos ter ido mais longe. Lamentamos muito, mas precisamos sempre buscar aprender com os erros e não deixar de enxergar as coisas boas que tivemos – destacou.

Sobre o planejamento para o próximo ano, o mandatário tricolor destacou que o momento é de começar a avaliar quais mudanças precisarão ser feitas para a próxima temporada.

Ficamos em 5º no Estadual, praticamente estamos assegurados na Copa do Brasil no ano que vem e fizemos uma boa Série C. Mas, nos dois casos, tivemos a possibilidade de irmos mais longe e falhamos em casa.  Precisamos agora sentar e avaliar o que iremos manter e o que será preciso mudar para o ano que vem, até porque entendemos que o discurso de manutenção na serie C não cabe mais. Chegou a hora de conquistarmos este acesso à Série B – afirmou o presidente, que ainda falou sobre o atual elenco.

Vou conversar com o Toninho primeiro, definir a situação dele e depois vamos começar a decidir sobre as permanências dos atletas. Alguns contratos se encerram no final do ano e a nossa intenção é começar as negociações para renovarmos com peças importantes e buscarmos outras que qualifiquem mais o nosso elenco – completou.

O elenco tricolor irá ganhar férias até a reapresentação para a pré-temporada, que ainda não tem data para acontecer.

Fora de casa, Voltaço perde para o São José-RS

Gelson e Núbio Flávio marcaram os gols do Esquadrão de Aço

O Volta Redonda foi derrotado por 4 a 2 para o São José-RS, em partida disputada no estádio Passo D’Areia. Gelson e Núbio Flávio marcaram para o Voltaço e Luiz Eduardo, duas vezes, Matheusinho e Lucão anotaram para os visitantes.

Com o resultado, o Esquadrão de Aço termina o Campeonato Brasileiro da Série C de 2019 na 6° colocação do grupo B.

O jogo

Os donos da casa iniciaram a partida pressionando e abriram o placar aos cinco minutos, com Luiz Eduardo. O Voltaço conseguiu o empate aos 23 minutos, em cobrança de falta de Gelson. Porém, no último lance da primeira etapa, Luiz Eduardo colocou o São José novamente na frente.

Na volta do intervalo, o São José-RS marcou o terceiro com Matheusinho no primeiro minuto.

Nos minutos finais, a partida ainda teve mais dois gols. Lucão marcou o quarto para o São José e Núbio Flávio diminuiu para o Volta Redonda, dando números finais a partida.

Campeonato Brasileiro da Série C
São José-RS 4×2 Volta Redonda
(25/08/19 – estádio Passo D’Areia – 19h)

Volta Redonda: Douglas Borges; Gedeílson, Allan, Roger e Luiz Paulo; Bruno Barra, Bileu (Luciano Naninho) e Gelson; Wandinho (Douglas Lima), Luís Gustavo (Núbio Flávio) e João Carlos. Técnico: Wilson Leite.

Gols: Gelson e Núbio Flavio

Voltaço visita o São José-RS em busca da classificação para as quartas de final

Esquadrão de Aço precisa de uma vitória avançar na competição

Uma vitória. É este o resultado que o Volta Redonda precisa diante do São José-RS para se classificar para as quartas de final da Série C, independentemente dos demais resultados da rodada. O confronto será neste domingo, dia 25, às 18h, no Passo D’Areia.

Caso a partida termine empatada, o Esquadrão de Aço dependerá de uma vitória do Paysandu-PA sobre o Remo-PA ou do Juventude vencer o Ypiranga-RS.

Se a conta para se classificar é simples, o técnico Toninho Andrade alerta que na prática não será nada fácil. Isso porque o São José jogará em casa e também precisa vencer para buscar a classificação para o mata-mata do acesso.

As duas equipes entram em campo com chances de classificação e isso demonstra que será uma partida muito difícil e que será decidida nos detalhes. O São José é muito forte dentro de casa, sabe aproveitar a vantagem que tem pelo gramado, mas, em momentos decisivos como este, é preciso se superar. Vamos entrar para fazer o nosso jogo, com inteligência, marcando muito forte e buscando aproveitar as chances que criarmos. Estou confiante que iremos fazer um grande jogo e buscar a classificação – destacou.

O Volta Redonda ocupa a quinta colocação do grupo B, com os mesmos 25 pontos do Ypiranga-RS, que leva a melhor no saldo de gols e abre o G4. Na terceira colocação vem o Remo-PA, com 26 pontos. O Paysandu-PA é o vice-líder com 27 pontos, um a menos que o líder Juventude-RS.

Luís Gustavo celebra gol e projeta decisão contra o São José-RS

Esquadrão de Aço precisa de uma vitória para se garantir nas quartas de final da Série C

O Volta Redonda chega na última rodada da Série C dependendo só de si para se garantir nas quartas de final. Para se classificar, independentemente dos demais resultados da rodada, o Esquadrão de Aço precisa venceu o São José-RS, domingo, dia 25, às 18h, no Passo D`Areia.

Caso a partida termine empatada, o Voltaço vai depender de uma vitória do Paysandu-PA sobre o Remo-PA ou do Juventude-RS diante do Ypiranga-RS.  

Por isso, o lateral-direito Luís Gustavo, autor de um dos gols do Tricolor diante do Juventude-RS, projeta uma partida muito complicada no Sul, uma vez que o adversário também briga pelo G4 e precisa ganhar.

Feliz demais pelo gol que marquei e vou trabalhar para que consiga ajudar novamente a equipe na decisão que teremos diante do São José. Será uma partida muito difícil, um confronto direto, em um gramado diferente, mas o nosso grupo é forte, de guerreiros, e já mostrou que consegue se sair bem em situações adversas. Estou confiante que iremos fazer um bom jogo e conseguir conquistar este resultado que nos garante na próxima fase – destacou.

O Volta Redonda faz o seu último treino em Volta Redonda na manhã desta sexta-feira, dia 23, seguindo para Porto Alegre-RS no dia seguinte. Para a partida, o técnico Toninho Andrade terá a volta de Douglas Lima, que cumpriu suspensão automática na rodada passada.

Além dele, a expectativa é que os atacantes Índio e Saulo Mineiro, que estão no departamento médico, viagem com a equipe para o Sul.

Toninho Andrade vê erro de arbitragem como decisivo para empate com o Juventude-RS

Diretoria tricolor irá apresentar uma reclamação oficial junto à CBF

O Volta Redonda vencia o Juventude-RS até os 24 minutos do segundo tempo, quando, em um lance questionável, o árbitro da partida expulsou o zagueiro tricolor Daniel Felipe. Expulsão que mudou a história do jogo. Logo em seguida, a equipe gaúcha virou o jogo, mas, mesmo com um homem a menos, o Voltaço conseguiu se recuperar e buscou o empate no fim.

Cenário que faz o comandante Toninho Andrade lamentar a decisão do juiz, que acabou prejudicando o Esquadrão de Aço.

– É complicado! Estávamos com a vantagem, bem na partida e aí um erro de arbitragem muda totalmente o rumo do jogo. O Daniel pegou a bola, em um lance no meio-campo, e recebe cartão vermelho direto. E o pior é que não foi o primeiro erro que cometeram contra o Volta Redonda nesta reta final. Contra o Ypiranga, o primeiro gol deles foi uma falta clara e o juiz não deu. É um absurdo o que estão fazendo – destacou o treinador, que falou sobre o ponto conquistado.

-Tomamos dois gols logo após a expulsão, mas, mesmo com um a menos, não deixamos de lutar e conseguimos buscar o empate no final, conquistando um ponto importante e que nos deixa vivos na briga pela classificação – destacou.

Na última rodada da fase de grupos, o Voltaço encara o São José-RS, domingo, dia 25, às 18h, no estádio Passo D`Areia. Para se classificar, independentemente dos outros resultados da rodada, o Esquadrão de Aço precisa de uma vitória simples. Caso termine empatado, o Tricolor irá depender de uma vitória do Juventude-RS sobre o Ypiranga-RS ou do Paysandu-PA contra o Remo-PA.

– Acredito que temos totais condições de buscar a classificação diante do São José-RS. Sabemos que será uma partida complicada, em um campo sintético, que favorece os donos da casa, mas a nossa equipe vem fazendo uma grande competição e o torcedor pode ter certeza que iremos brigar até o último minuto pela classificação – projetou.  

Reclamação oficial

A diretoria do Volta Redonda irá apresentar uma reclamação oficial junto à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre a postura da arbitragem na partida entre Volta Redonda e Juventude-RS e por omissão na súmula do confronto.

Com um a menos, Voltaço busca empate diante do Juventude-RS

Esquadrão de Aço teve um jogador expulso no início da segunda etapa

Mesmo com um jogador a menos, após uma expulsão questionável de Daniel Felipe, o Volta Redonda lutou até o final e buscou o empate por 2 a 2 contra o Juventude-RS.

Agora, o Voltaço joga por uma vitória diante do São José, domingo, dia 25, às 18h, no Passos D’Areia para se classificar para as quartas de final.

O jogo

Apesar do 0 a 0 na primeira etapa, os primeiros 45 minutos de jogo foram animados. O Volta Redonda foi o primeiro a chegar. Luiz Paulo bateu escanteio pela direita e Allan cabeceou com muito perigo.

A resposta dos visitantes veio no lance seguinte. Carlos Henrique foi lançado em velocidade e bateu na saída de Douglas Borges, que fez grande defesa. No rebote, o atacante bateu para o gol, mas Daniel Felipe tirou em cima da linha.

O Juventude-RS ainda conseguiu criar mais uma chance com Dalberto, que arriscou da entrada da área e a bola saiu por cima do gol.

Já o Voltaço, chegava com perigo nas bolas paradas. Em uma delas, a bola sobrou para

Na volta do intervalo, o Esquadrão de Aço voltou melhor e abriu o placar com Luís Gustavo. Entretanto, quando o Voltaço estava melhor na partida, o juiz expulsou o zagueiro Daniel Felipe após uma falta no meio-campo, deixando o Volta Redonda com um homem a menos.

Com a vantagem numérica, o Juventude-RS passou a pressionar e conseguiu a virada com gols de Sidimar e Carlos Henrique.

Porém, mesmo com um jogador a menos, o Voltaco não se entregou e foi buscar o empate com Bruno Barra, dando números finais a partida.

Campeonato Brasileiro da Série C- 17° rodada
Volta Redonda 2×2 São José-RS
(19/08/19 – estádio Raulino de Oliveira- 20h)

Volta Redonda: Douglas Borges; Gedeílson, Daniel Felipe, Allan e Luiz Paulo; Bruno Barra, Bileu e Gelson ( Luciano Naninho); Wandinho, Luís Gustavo (Núbio Flávio) e João Carlos (Roger). Técnico: Toninho Andrade.

Gols: Luís Gustavo e Bruno Barra

Cartão amarelo: João Carlos

Cartão vermelho: Daniel Felipe

Público presente: 1.539 ( 1.139 pagantes)

Renda: R$16.890,00

Voltaço recebe o Juventude-RS em partida decisiva pelo G4

Será a última partida do Esquadrão de Aço em casa pela fase de grupos da Série C

Decisão! É assim que o Volta Redonda está encarando a partida contra o Juventude-RS nesta segunda-feira, dia 19, às 20h, no Raulino de Oliveira. Na sexta colocação, três pontos atrás da equipe gaúcha, que é líder do grupo, o Voltaço quer a vitória que, além de colocar o Esquadrão de Aço na liderança da chave, deixa a equipe com um pé nas quartas de final. 

Por isso, o comandante Toninho Andrade afirma a importância de a equipe fazer um jogo homogêneo durante os dois tempos e manter a concentração alta para não cometer nenhum erro.  

– Será o nosso último jogo em casa e não podemos pensar em outro resultado que não seja a vitória. O Juventude-RS está vindo para garantir a sua classificação antecipada e não tenho dúvidas que teremos um jogo muito difícil. E neste tipo de partida, vence quem errar menos e conseguir ser mais intenso durante os 90 minutos. Tivemos uma semana cheia de treinos, conseguimos trabalhar bastante a nossa proposta de jogo e estou confiante que vamos conseguir fazer um bom jogo e buscar a vitória – destacou.  

O Volta Redonda está na sexta colocação do grupo B, com 24 pontos, um a menos que o São José-RS e Ypiranga-RS, quinto e quarto colocados, respectivamente. O Remo-PA é o terceiro colocado, com 26 pontos, um a menos que o Paysandu-PA, vice-líder. O Juventude-RS, com 27 pontos, é o primeiro colocado da chave.  

Ingressos 

Os ingressos para a partida diante do Juventude-RS já estão nos pontos de venda. As entradas estão sendo vendidas a R$ 15 nos seguintes locais:  

Loja Jogadores Caros– Subsolo do Sider Shopping – Vila Santa Cecília; 

Empório Brasil 

– Avenida Sávio Gama, 1935 – Retiro; 

Loteria do meia-meia 

– Avenida Lucas Evangelista, 160 – Aterrado; 

Estádio Raulino de Oliveira 

– Apenas no dia da partida, a partir das 18h. 

Base do Voltaço fará três jogos em casa neste sábado

Sub-20 recebe o Botafogo no Raulino de Oliveira e o 15 e 17 enfrentam o Nova Iguaçu no CT Oscar Cardoso

Se a equipe profissional do Volta Redonda não entrará em campo neste final de semana, o sábado, dia 17, será de rodada tripla para as categorias de base do Volta Redonda. No Raulino de Oliveira, os Garotos de Aço do sub-20 recebem o Botafogo, às 15h, pela Taça Rio.

Na quarta colocação do grupo B, o Voltaço está jogando a competição com um time mais novo, sem nenhum atleta do último ano, visando preparar os jogadores para a próxima Copa São Paulo de Futebol Júnior e o campeonato Estadual do ano que vem.

Estratégia que vem sendo repetida nos últimos anos e vem dando grandes resultados, como, por exemplo, a histórica campanha na Copinha deste ano, quando o Tricolor terminou a competição entre as oito melhores equipes do Brasil.

Invictos

Já no CT Oscar Cardoso, o Volta Redonda irá receber o Nova Iguaçu pela Taça Rio sub-17 e 15. Líder invicto do grupo B, o sub-17 será o primeiro a entrar em campo, às 13h30. Até o momento, os comandados de Marco Aurélio, que foram semifinalistas da Taça Guanabara, conquistaram duas vitórias e um empate no segundo turno do Estadual.

Em seguida será a vez do sub-15 enfrentar o Nova Iguaçu, às 15h20. Os comandados de Max também estão invictos no segundo turno do Estadual e ocupam a quarta colocação na chave, a dois pontos do líder.

Em semana decisiva, Voltaço intensifica preparação de olho no Juventude-RS

Esquadrão de Aço ocupa a quarta colocação, a três pontos da equipe gaúcha, que é líder da chave

A reta final da Série C do campeonato Brasileiro está emocionante. Faltando duas rodadas para o final da primeira fase, seis equipes lutam pelo G4 do grupo B. Entre elas, o Volta Redonda, que atualmente ocupa a quarta colocação, com 24 pontos, três a menos que o líder Juventude-RS, adversário tricolor na próxima segunda-feira, dia 19, às 20h, no Raulino de Oliveira. 

Por isso, o Voltaço está  aproveitando a semana cheia de treinos para intensificar a preparação para a partida diante dos gaúchos, considerada decisiva na luta por uma vaga nas quartas de final, uma vez que será a última que o Tricolor fará diante do seu torcedor.

Será a nossa última partida em casa, contra um adversário direto e sabemos da importância de conseguirmos a vitória diante do Juventude, que poderá nos deixar com boas chances de classificação. Estamos focados e trabalhando muito forte esta semana, aproveitando que o jogo será só na segunda-feira para intensificar a nossa parte física, tática, técnica e também para descansarmos. Chegou a reta final da Série C, sabemos que será um jogo muito difícil, mas a torcida pode ter certeza que vamos lutar pelos três pontos até o último minuto – destacou o volante Bruno Barra.

Com 24 pontos, o Volta Redonda ocupa a quarta colocação do grupo B, um a menos que São José-RS e Ypiranga-RS, que vêm na sequência. A primeira colocação é do Juventude-RS, que soma 27 pontos.

Ingressos

Os ingressos para a partida diante do Juventude-RS já estão nos pontos de venda. As entradas estão sendo vendidas a R$ 15 nos seguintes locais:

Loja Jogadores Caros– Subsolo do Sider Shopping – Vila Santa Cecília;

Empório Brasil

– Avenida Sávio Gama, 1935 – Retiro;

Loteria do meia-meia

– Avenida Lucas Evangelista, 160 – Aterrado;

Estádio Raulino de Oliveira

– Apenas no dia da partida, a partir das 18h.