Toninho Andrade exalta segundo tempo do Voltaço contra o Atlético-AC

Estrear com vitória é sempre muito importante. Por isso, o treinador do Volta Redonda Toninho Andrade comemorou muito a vitória do Esquadrão de Aço por 3 a 0 sobre o Atlético-AC, pela primeira rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

O comandante também reconheceu o primeiro tempo ruim que a equipe fez, porém, exaltou a mudança de postura do time para a segunda etapa.

O 3 a 0 talvez não diga o que foi o jogo, mas foi um resultado muito importante, até por ser uma estreia e também pelas dificuldades que enfrentamos durante a preparação. O primeiro tempo não foi muito bom, não conseguimos encaixar o nosso jogo e criamos poucas jogadas. No segundo voltamos com uma postura diferente, jogando mais, conseguimos incomodar o adversário e construímos o resultado – analisou

O Esquadrão de Aço volta a campo apenas no domingo, dia 5, às 16h, no estádio municipal de Varginha contra o Boa Esporte. Ou seja, o Voltaço terá uma semana cheia de treinos, mais um motivo para Toninho Andrade comemorar.

Mais um jogo difícil. A Série C é muito complicada. Vamos ir lá, procurar fazer mais um bom jogo e somar pontos. Podemos ter alguns retornos importantes de jogadores que estão no departamento médico. Enfim, vamos ter uma semana de trabalho para corrigir alguns detalhes que percebemos hoje e buscar evoluir os pontos fortes que tivemos, principalmente, durante o segundo tempo – ressaltou.

Voltaço empresta Marcelo ao Operário-PR

A estreia do Volta Redonda na Série C também foi marcada por uma despedida. Na verdade, por um “até logo! ”. O volante Marcelo fez o seu último jogo antes de se apresentar ao Operário-PR. O jogador, que tem contrato com o Esquadrão de Aço até 2020, será emprestado ao Fantasma até o final da Série B deste ano.

Marcelo chegou ao Voltaço em 2016, participando das conquistas da Taça Rio e da Série D do Campeonato Brasileiro. Ao todo, o volante vestiu a camisa tricolor em 90 jogos.

A diretoria do Volta Redonda agradece por todo o empenho que o Marcelo teve durante os mais de quatro anos em que defendeu o Esquadrão de Aço e deseja sorte neste novo desafio na sua carreira.