Categorias
Sem categoria

Voltaço acerta empréstimo de MT para o Vasco

A diretoria do Volta Redonda acertou nesta terça-feira, dia 26, o empréstimo do meia Matheus, conhecido como MT, de 17 anos, para o Vasco da Gama. O atleta, que tem contrato com o Esquadrão de Aço até o final de 2022, assinou contrato de um ano, com possibilidade de renovação por mais dois anos.

Segundo o vice-presidente Flávio Horta Júnior, o Voltaço permanece com 100% dos direitos econômicos do jogador. O diretor destaca ainda que foi fixado um valor para que, até o final do empréstimo, o Vasco possa adquirir uma parte dos direitos do MT

Mais uma negociação finalizada e vale ressaltar que foram respeitadas todas as premissas estabelecidas pelo Voltaço. Quero parabenizar a postura do Vasco e, principalmente, dos empresários do atleta, que tiveram paciência e compreensão para entender os anseios do Volta Redonda – afirmou.

Meia habilidoso e com boa visão de jogo, MT foi peça importante no título do Campeonato Carioca sub-17 no ano passado. Já este ano, ele aproveitou a oportunidade que teve na equipe sub-20 e foi um dos destaques do Volta Redonda na 50º Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O Volta Redonda continua intensificando e investindo muito no seu papel formador. E o mais importante: resguardando o clube financeiramente. Sabemos que diante do assédio de grandes equipes, a manutenção é praticamente impossível, além do fato de nenhum clube pagar por um jogador nesta idade. Entretanto, se ao final do empréstimo o Vasco quiser continuar com o atleta, terá que desembolsar um valor ao Voltaço. Mesmo que isso aconteça, o Volta Redonda ainda tem garantido mais um percentual em uma futura venda – explicou.

Categorias
Sem categoria

Voltaço assina contrato profissional com os pratas da casa Caio Vitor e MT

A diretoria do Volta Redonda anunciou nesta segunda-feira, dia 28, que assinou contrato de quatro e três anos, respectivamente, com o meia MT, de 17 anos, e o atacante Caio Vitor, de 18 anos. Os atletas foram dois dos destaques do Voltaço durante a histórica campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019.

Caio Vitor, que disputou a sua segunda Copinha, marcou dois gols durante a competição deste ano: o da vitória diante do Paraná, na estreia, e o primeiro diante do Atlético-MG durante as oitavas de final. Já MT, que conquistou a Taça Rio sub-17 ano passado, se destacou nas duas partidas em que esteve em campo. A primeira foi contra o Atlético-MG, quando deu o passe para o segundo gol tricolor na partida, e diante do Vasco, quando entrou no segundo tempo, teve boa atuação e converteu a sua cobrança durante a disputa de pênalti.

  • Sabemos que é difícil resistir ao assédio de times que têm um maior poder financeiro, porém, sempre deixamos claro que iremos procurar o melhor para o Volta Redonda. O MT e o Caio Vitor despertaram interesses de diversos clubes e conquistaram estes contratos. Agora vamos sentar com os clubes interessados e ouvir as propostas. Porém, uma coisa é certa, vamos manter sempre grande parte dos direitos econômicos dos atletas aqui no Volta Redonda, até para que a venda ocorra num momento que eles estiverem em uma posição de maior destaque – explicou o gerente de futebol Leonardo Dinelli, o Zada, que ainda destacou que outros do sub-20 também serão profissionalizados.
  • Sempre valorizamos as categorias de base e agora não será diferente. Estamos finalizando os últimos ajustes de alguns contratos e esperamos anunciar em breve os outros acertos – completou.