Notícia

Voltaço perde para o Internacional com pênalti inventado no último minuto

Árbitro da partida marcou penalidade inexistente aos 50 minutos do segundo tempo  

Com um gol de pênalti inventado pela arbitragem, no último minuto de jogo, o Volta Redonda acabou derrotado pelo Internacional por 1 a 0 na segunda fase da Copinha.

Com o resultado, o Voltaço deixa a competição, mas segue de cabeça erguida, porque chegou na segunda fase pela terceira vez seguida e mostrou mais uma vez que a base tricolor vem forte. 

O jogo 

Debaixo de um forte calor, a primeira etapa foi sem muita emoção. O Internacional iniciou a partida pressionando o Voltaço, porém, não conseguiu assustar o goleiro Luís Fernando. Na melhor chance criada, Matheus Monteiro arriscou da entrada da área e a bola saiu por cima do gol.  

A resposta do Volta Redonda veio no talento e no toque de bola. O Esquadrão de Aço saiu tocando a bola desde o tiro de meta, no tiki-taka tricolor, e Walter apareceu na área para bater para o gol, mas o goleiro fez a defesa.  

Lateral-esquerdo Marcinho conduzindo a bola durante a partida (Foto: André Moreira)

Na volta do intervalo, a partida seguiu o mesmo ritmo. O Internacional, com mais posse de bola, tentava pressionar o Voltaço, que, por sua vez, quando tinha a bola, tocava até abrir espaço na defesa adversária.  

Aos 16 minutos, após bate e rebate na área, a bola, por muito pouco, não sobrou para Bebê, que iria sair livre na cara do goleiro. A resposta do Internacional veio no lance seguinte, mas Luís Fernando saiu bem do gol para afastar o perigo.  

Quando o confronto parecia se encaminhar para a disputa de pênaltis, aos 50 minutos, o atacante do Internacional se jogou na área e o árbitro da partida, Pietro Dimitrof Stefanelli, inventou um pênalti para a equipe Colorada. Matheus Monteiro bateu e converteu, anotando o gol da partida. 

Copa São Paulo de Futebol Júnior – Segunda fase  

Internacional 1×0 Volta Redonda 

(11/01/20 – Santa Barba d’Oeste – 13h45)  

Volta Redonda: Luís Fernando; Walter, Daivison, Gabriel e Marcinho; Pedro Thomaz (Gregório), Guilherme Eulálio (João Lino) e Bambam (Thiago) ; Bebê (David), Lorenzo (Andrey) e Joarley (Juan). Técnico: Neto Colucci.  

Leave a Reply

Font Resize