Notícia

Neto Colucci exalta força do Voltaço diante do Vasco ‘Não deixamos de acreditar na vitória’

Comandante destacou boa atuação dos pratas da casa durante o confronto

Em uma partida equilibrada e de muita luta durante os 90 minutos, o Volta Redonda venceu o Vasco por 1 a 0, com gol do artilheiro João Carlos.

Na entrevista coletiva após o confronto, o comandante Neto Colucci exaltou a raça da equipe durante o duelo.

Falei com os jogadores que teriam partidas que jogaríamos bem, mas não iríamos vencer, e teriam confrontos que atuaríamos mal e iríamos vencer. O importante é entrar focados, forte e sempre buscar a vitória. Hoje foi um desses dias, que a equipe não atuou bem, mas não deixou de competir e buscar os três pontos até o final. Enfrentamos um Vasco equilibrado, muito entrosado, mas em momento nenhum deixamos de acreditar na vitória e fomos presenteados com ela – destacou o técnico, que ainda falou sobre a importância de vencer em casa.

Este início de competição será muito equilibrado, com jogos de placares apertados e sem goleadas. Só a partir da quinta rodada que vamos começar a ver times se destacando mais e distanciando. Por isso, vencer em casa é nossa obrigação, com todo respeito aos times que vierem nos enfrentar aqui. Deixamos escapar contra o Madureira, mas hoje fizemos nossa obrigação. Os três pontos em casa precisam vir sempre – completou.

Durante o confronto, o Esquadrão de Aço colocou em campo seis pratas da casa, dos 11 relacionados. Destaque para a dupla de zaga, Davison e Gabriel Pereira, e o lateral-direito Julinho, que entrou no segundo tempo e fez o cruzamento para João Carlos marcar o gol da vitória.

Sou um cara abençoado, que trabalha muito, acredita em todos e irá dar oportunidade para todo mundo, no momento certo. Quando assumi o profissional, falei que iria dar oportunidade aos meninos da base, claro, no momento certo para não queimá-los. Quando coloquei o Julinho e o Marcos Vinícius, que são atletas formados por mim, não sabia que iriam acertar o cruzamento para o gol logo de cara, mas confiava no trabalho deles e que dariam o melhor. Tivemos a situação do Luan, que acabou ficando fora e aí entrou o Davison, que formou a dupla de zaga com o Gabriel e foram muito bem. Confio no meu elenco, tanto nos mais novos, que cumprem o que esperamos deles, porque foram formados para isso, como nos mais velhos, que também passam esta confiança para os garotos – finalizou.

Leave a Reply

Font Resize